Govtech Colab lança seu super app, alinhado com Lei do Governo Digital, para atender as prefeituras

O Colab - ww.colab.re -, plataforma precursora da gestão pública colaborativa e que viabiliza a comunicação entre poder público e cidadãos, apresenta a nova versão do seu aplicativo ajustado às normas da recente Lei de Governo Digital. A solução oferece aos administradores públicos uma ferramenta sob medida para as necessidades de cada município brasileiro, se tornando um mecanismo de gestão para governos cada vez mais digitais. 

O princípio do conceito do Governo Digital não se limita ao fornecimento de serviços em uma plataforma online. As informações coletadas nessas plataformas devem, idealmente, ser utilizadas para uma gestão pública mais eficiente, que consegue se antecipar às demandas dos cidadãos. “Existe uma diferença entre digitalização, que é a mera transposição de um serviço para um ambiente online, e transformação digital, que busca usar as ferramentas digitais para melhorar o serviço”, afirma Thiago Ávila, coordenador de pós-graduação em Governo Digital pela Verbo Jurídico.

O super app do Colab é o meio mais ágil e econômico para se alcançar esse objetivo. Segundo Gustavo Maia, CEO do Colab, “o ponto de partida do nosso trabalho foi avançar em dois vetores. De um lado, oferecer mais ferramentas para gestores públicos. Do outro, entendemos que cada município tem necessidades e verbas específicas, então criamos uma solução que se customiza às demandas e ao orçamento de cada prefeitura em particular.”

Colab + Cidadão + Prefeitura = Cidades mais Inteligentes

A soma desses três atores é a fórmula perfeita para construirmos cidades mais inteligentes e inclusivas, afinal de contas, ninguém melhor do que a população para ajudar a identificar quais devem ser as prioridades da cidade. Além disso, o uso de dados estruturados, novas tecnologias e boas práticas de gestão são os pilares não só de cidades inteligentes, mas também do Governo Digital.

Para Gustavo Maia, fundador do Govtech Colab e especialista no assunto, \\\\\\\\\\\\\\\"afirmar que as cidades inteligentes são o destino de toda grande estrutura urbana não se trata mais de visão futurista, mas realista. A pergunta, hoje, para os gestores públicos, não é mais se sua cidade se tornará uma smart city, mas sim quando isso acontecerá e se ele estará à frente ou a reboque dessa mudança”.

A contundência da afirmação de Maia se baseia na velocidade de como o uso de recursos interconectados e tecnologias modernas  vem otimizando a nossa qualidade de vida e aprimorando os mais diversos processos desenvolvidos dentro de uma determinada região, como transporte, comunicação, lazer e comércio. No presente momento, esses recursos vêm sendo elaborados para melhorar o relacionamento entre cidadãos e gestão pública por meio de Govtechs, uma evolução das startups voltadas para atender as demandas reprimidas do poder público, no que se refere ao relacionamento com os cidadãos. O Colab é a primeira govtech a atuar no Brasil e conta com reconhecimento internacional, chancelado inclusive pela ONU.  

Hoje o Colab é capaz de tangibilizar os diversos benefícios que oferece aos administradores públicos de maneira objetiva:

 1 – Colab é a solução mais eficiente e capaz de adequar qualquer unidade federativa à Lei Federal de Governo Digital;

2 – Permite ao gestor implementar uma agenda positiva com foco na transparência, inovação e co-criação com a população;

3- Ferramenta para ampliar a visibilidade das ações administrativas;

4 – Redução de custos operacionais e maior agilidade na resolução de problemas;

5 - Incentiva a população a exercer sua cidadania

Por isso, o Colab foi a plataforma escolhida pela ONU-Habitat, o Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos, para acompanhar a percepção da população em relação aos esforços das cidades em busca de alcançar as metas do ODS 11, que visa a instituição de cidades e comunidades sustentáveis. O Colab conta também com o  reconhecimento internacional de instituições como Banco Internacional de Desenvolvimento (BID) e o Departamento de Estado dos EUA.

Por que o Colab é parceiro ideal para as prefeituras?  

Além de já ter uma solução completa que atende todos os requisitos das novas leis, como Governo Digital, Código de Defesa do Usuário do Serviço Público e LGPD, o Colab também permite a personalização e adaptação dos serviços de acordo com orçamento e necessidade de cada um dos 5.568 municípios do país. Esta adequação dos serviços em função da demanda de cada cidade leva um benefício tangível aos gestores municipais: a economia sem perda de foco, qualidade e excelência de atendimento ao cidadão. 

Os serviços do município que são realizados através de sistemas, como agendamentos de consultas e vacinas, pagamentos parcelados de taxas e cadastros, poderão ser integrados ao aplicativo do Colab através de APIs (interface de integração). Além disso, a prefeitura pode personalizar algumas ações como ter jornadas e consultas públicas específicas, de acordo com a necessidade da gestão. Os gestores também conseguem monitorar e atender às solicitações através do sistema, tendo uma visão ampla das necessidades do município. É possível ainda gerar diversos relatórios e dados sobre o atendimento público na cidade, embasando tomadas de decisões dos gestores e justificando a necessidade de implementação de políticas públicas. 

Para Gustavo Maia “quando foi criado, há 9 anos, o Colab tinha muitas ferramentas voltadas para a zeladoria urbana, por exemplo, como  denúncia de buracos na rua. O aplicativo continuou em constante evolução para oferecer a melhor experiência para os parceiros e usuários desfrutando da metodologia que criamos e das tecnologias adicionadas ao produto”, destacou o CEO.  A atualização a qual Maia se refere é fruto também do trabalho do Colab junto a mais de 100 municípios, dentre os quais encontram-se as prefeituras de diferentes portes como: Aracaju (SE),Conceição do Mato Dentro (MG);Diadema (SP), Floriano (PI),  Gurupi (TO);Itabira (MG);Maceió (AL);Machado (MG);Magé (RJ), Mesquita (RJ);Niterói (RJ); Palmas (TO);Recife (PE);Santo André (SP);São Gonçalo (RJ);Campo Mourão (PR), Nilópolis (RJ) e Serra (ES).  

Além desses municípios, o app do Colab  também é utilizado por outras instituições como UFMS e Governo do Rio Grande do Sul, Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) e por holdings  do setor de energia com atuação no Brasil, como EDP Brasil e Neoenergia. 

Outro fator relevante que dá ao Colab um diferencial competitivo  é seu time. Todos os colaboradores da empresa têm formação acadêmica e/ou vivência em gestão pública. Isso dá à empresa uma sensibilidade diferenciada para antever cenários e situações que podem impactar os serviços municipais; e assim propor soluções às prefeituras parceiras. 

 O time Colab 

A equipe do Colab oferece aos administradores públicos, por meio da área de Relações Governamentais e Sucesso do Cliente, diálogo constante com o governo, identificação de oportunidades, antecipação de riscos e participação em processos decisórios de estatais. 

A área de suporte das relações governamentais faz a ponte entre o governo e o cidadão, propondo ações, consultoria direta - quase que diária, fazendo troca de ideias via whatsapp, e-mails e fóruns que estão abertos aqui para consultas, informações, webinários e treinamentos de equipe. “Nossa proposta em oferecer esse suporte interno para os gestores é realizar reuniões, tirar dúvidas e colaborar com sugestões para fazer um governo mais transparente, digital, inclusivo e sustentável”, ressalta Gustavo Maia.

O investimento na melhoria e atualização constantes dá ao Colab a certeza que hoje é a mais completa govtech do mercado nacional e, portanto, o caminho mais rápido e seguro na direção da eficiência e universalização do acesso aos serviços públicos.

Sobre Colab

O Colab é uma plataforma que conecta a população ao governo, para dar mais voz ao cidadão e permitir que o governo pratique uma gestão mais compartilhada e eficiente. A população posta demandas de zeladoria urbana no aplicativo Colab e elas são levadas em tempo real às prefeituras pelo sistema da plataforma, sem paradas burocráticas ou empecilhos. E os gestores se baseiam nas propostas e pedidos dos cidadãos para conduzir a administração pública. Pelo aplicativo, os cidadãos também respondem a consultas públicas realizadas pelas prefeituras, para que sua opinião seja levada em conta em tomadas de decisão.

Fundado em 2013 e eleito o melhor aplicativo urbano do mundo pela New Cities Foundation, o Colab já recebeu prêmios nacionais e internacionais pela inovação na gestão pública, e  foi escolhida como uma das GOVtechs mais promissoras do mundo pela StateUp, além de ter sido eleita pela Revista Exame como uma das 50 startups que mudam o Brasil. Também é a plataforma escolhida pelo ONU-Habitat, o Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos, para aplicar uma pesquisa anual nacional de percepção dos brasileiros sobre a condição de vida em suas cidades.   www.colab.re

Mais informações para jornalistas: Angelo Raposo  - [email protected]   (11) 99451-5409

IMPRENSA

Para acesso ao evento, os profissionais de imprensa podem se cadastrar pelo link: https://www.sympla.com.br/evento/operacional-smart-city-expo-curitiba-2022/1466832?token=ae33dde171c2f8539f9e4bfe9a581d07