Congresso apresentou Frente Parlamentar de Cidades Inteligentes na edição brasileira do maior evento sobre tema no mundo

Maior evento brasileiro de cidades inteligentes, o Smart City Expo Curitiba 2022 reúne até esta sexta-feira (25), 10 mil participantes de 30 nacionalidades, no Centro de Eventos Positivo -Parque Barigüi, num congresso internacional que conta   com 95 palestrantes e 50 empresas para exporem soluções inteligentes para os principais problemas urbanos dos municípios brasileiros. O evento é organizado desde 2018 pelo iCities Smart Cities Solutions – hub de negócios e pioneiro em práticas de cidades inteligentes no Brasil. 


Na programação do evento desta quinta-feira (24) estava o lançamento da Frente Parlamentar do Congresso Nacional para o Desenvolvimento de Cidades Inteligentes, que será presidida pelo vice-presidente da Câmara, deputado federal Marcelo Ramos (PSD-AM), tendo como vice-presidentes o senador Izalci Lucas (PSDB-DF) e o deputado Evair de Melo (PP-ES), e secretário-executivo Thomas Law, presidente do Instituto Sociocultural Brasil/China (Ibrachina) e do Ibrawork.

A FP Smart Cities se estabelece estrategicamente numa legislatura em que o Parlamento Federal discute a consolidação e a atualização de marcos regulatórios diversos relacionados direta e indiretamente à temática, a exemplo da instituição da Política Nacional de Cidades Inteligentes (PNCI) - formulada no Projeto de Lei n. 976/21 – uma iniciativa que tende a alçar o Brasil a um privilegiado patamar internacional de relevância e atração de investimentos. 


“Precisamos de municípios mais eficientes e cidade inteligente tem tudo a ver com município que presta melhor serviço à população a menores custos. Isso não significa somente embarcar tecnologia, medidas criativas, inovadoras, como aproximar serviços dos cidadãos, evitando grandes deslocamentos nas cidades. Estamos aprofundando os debates sobre o tema na Câmara e no Senado, e firmo, hoje, o compromisso de fortalecer, através da Frente Parlamentar, os municípios brasileiros por meio de um Marco Regulatório das Cidades Inteligentes”, disse Ramos, em participação remota no evento.    

Para o deputado Evair Melo, é preciso focar os esforços em cidades inteligentes conectadas com as pessoas. “O cidadão está cansado de viver em cidades pouco pensadas para as suas necessidades. Precisamos fazer com que as coisas aconteçam e tenhamos avançoes que beneficiem a população. Neste sentido, a Frente Parlamentar trabalhará para colaborar com o que for necessário para o desenvolvimento de cidades inteligentes. Precisamos desburocratizar e melhorar a legislação para deixar o passado e mirar no presente e futuro”, destacou Melo.