ABDI apresenta aplicações inteligentes da tecnologia 5G no Smart City Expo Curitiba 2022

A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) apresentou uma série de inovações tecnológicas para cidades inteligentes e aplicações da tecnologia 5G nesta terceira edição do Smart City Expo Curitiba 2022.


Entre os destaques está a luminária 5G. O programa leva o nome de Conecta 5G e prevê a instalação de luminárias públicas inteligentes com antenas 5G integradas à estrutura. A tecnologia, que inicialmente será levada para 12 cidades do Brasil, busca colaborar com o acesso da quinta geração móvel a todos os municípios brasileiros. A antena da Conecta 5G tem um enorme potencial de evolução para a população e uma fonte de receita recorrente para os municípios.

Durante o segundo dia do Smart City Expo Curitiba 2022 foi realizada a entrega simbólica da luminária inteligente à prefeitura de Curitiba, que será uma das 12 cidades que receberão as luminárias do programa. O prefeito da capital paranaense, Rafael Greca, recebeu a luminária pelas mãos do presidente da ABDI, Igor Calvet e destacou que a tecnologia traduz o futuro, e a inovação é uma luz que logo vai brilhar no país inteiro.

“Eu me sinto muito gratificado. Mais ou menos como nossos heróis fundadores quando acenderam pela primeira vez o lampião de gás no coração de Curitiba. Viva a inovação”, comemorou Greca.  

Calvet cita que, além de melhorar a segurança pública, as luminárias inteligentes transformam as lâmpadas de iluminação pública em antenas de celular, que espalham o sinal do 5G com o Wifi. “O 5G não pode ser pensado apenas como algo que vai tornar a internet mais rápida nos smartphones. Ele deve ser visto como uma tecnologia para conectar dispositivos e trazer soluções que transformem efetivamente a vida das pessoas. E é sob essa perspectiva que a ABDI desenvolve o Projeto Conecta 5G no país”, destacou.


Workshop 5G

Utilizando o formato de workshop, a ABDI apresentou para prefeitos, gestores públicos e empresários os seus projetos Conecta 5G, Saúde 4.0, Jornada Digital e Feira Conectada. Os gerentes da ABDI demonstraram os projetos-piloto da Agência, a aplicação de tecnologias e casos de uso que podem ser replicados por todo país.

A gerente da Unidade de Transformação Digital, Adryelle Pedrosa, expôs o projeto Feira Conectada e o Jornada Digital. Ambos ajudam pequenos negócios brasileiros a fazerem a travessia do universo analógico para o universo digital. “Ao se digitalizar, esses negócios podem crescer mais, gerar mais empregos, ajudar no desenvolvimento do país e na maior qualidade de vida da população”, explicou.

Bruno Jorge, gerente da Unidade de Difusão de Tecnologias, falou sobre o projeto Saúde 4.0 com a apresentação dos cases com o Hospital das Clínicas da USP. “O projeto Saúde 4.0 trata da transformação digital no setor de saúde. Temos uma concepção de cuidado híbrido, em que o digital e o físico se somam para uma melhor experiência, melhor cuidado com a saúde do paciente”, frisou.

Cidades inteligentes

O programa Cidades Inteligentes da ABDI está presente de Norte a Sul do país. Luminárias inteligentes, câmeras de videomonitoramento, softwares de reconhecimento facial e de placas e semáforos com utilização de Inteligência Artificial (IA) são algumas das tecnologias que, por meio das ações da ABDI, estão disponíveis em dez cidades brasileiras. A Agência também implantou e estimulou a difusão do modelo de sandbox em cidades, ao criar áreas livres de regulamentação para experimentação desses recursos em ambiente real e urbano. 

Economia Circular

Para a ABDI, a adoção da economia circular (EC) é um novo paradigma para o processo de produção e de consumo. As ações da agência neste segmento buscam fomentar o desenvolvimento de um modelo de gestão de resíduos sólidos urbanos para os municípios sustentáveis, aperfeiçoando iniciativas que já estão em funcionamento e difundindo as melhores práticas para todo o país. Assim, é possível promover a redução dos resíduos descartados nas cidades, além do desenvolvimento de novas tecnologias de coleta e processamento de resíduos. 

Smart City Expo Curitiba 2022 bate recorde de público

Cerca de 10,2 mil pessoas de 30 nacionalidades, 50 empresas, organizações e prefeituras de todo o Brasil, 95 palestrantes de dez países. Os números da terceira edição do Smart City Expo Curitiba, que terminou nesta sexta (25) no Centro de Eventos Positivo (Parque Barigüi), impressionam e consolidam a capital paranaense no panorama global de cidades inteligentes. A análise é de Ricard Zapatero, CEO da Fira Barcelona, que chancela o evento pelo globo. “É uma satisfação poder voltar a Curitiba com um evento presencial, marcando o início da agenda anual do Smart City Expo pelo mundo. A pandemia nos mostrou que não há nada como eventos presenciais na geração de negócios, acordos e investimentos. E os eventos agora estão se mostrando mais exitosos, com as pessoas ansiosas para se reencontrarem pessoalmente. Curitiba foi um grande exemplo nesses dois dias. O evento mobiliza muito as pessoas e faz com que as cidades desejem sediá-lo. Já recebemos muitas propostas de cidades brasileiras, mas seguiremos em Curitiba”, disse Zapatero.

O evento é organizado desde 2018 pelo iCities Smart Cities Solutions – hub de negócios e soluções em cidades inteligentes pioneiro no Brasil, sediado em Curitiba. “É uma satisfação para o iCities fomentar pela terceira vez esse ambiente de networking em inovação entre o poder público, a iniciativa privada e a academia, que é o Smart City Expo Curitiba. Mesmo diante da pausa forçada de dois anos pela pandemia, as edições crescem tanto em qualidade do conteúdo apresentado no congresso e nos estandes da feira de exposição, quanto em quantidade de engajamento e público, presencial e remoto. É uma missão que a nossa empresa, nascida em Curitiba há 11 anos, vem desenvolvendo com entusiasmo pelo Brasil enquanto hub de negócios e projetos”, celebra Beto Marcelino, sócio-fundador e diretor de relações governamentais do iCities.

Com entrada gratuita e arrecadação de alimentos para entidades beneficentes, a área de exposição reuniu 50 estandes de empresas e organizações que desenvolvem soluções inteligentes para melhorar a vida no planeta. Com apoio da Prefeitura de Curitiba, Agência Curitiba, Vale do Pinhão, Copel, Sanepar, BRDE e Compagas, o evento foi patrocinado por empresas como ABDI, Indra/Minsait, Mastercard, Sebrae Paraná, Renault, Enel X, Planet Smart City e Geotab.

Foto: Pedro Ribas/SMCS